image

Uno de los discos que pasé por alto de estos años de Simone es una contribución en una producción especial realizada por Toquinho para la Rede Globo, buy viagra dedicada a niños. El disco se llama “Casa de Brinquedos”, es de 1983 y muestra una de las múltiples facetas de Simone que atrapó a su público. Recordar que ese mismo año hacía sus escandalosos shows con simulacro de orgasmo incluído, al mismo tiempo, podía ser la figura de trabajos como éste, para un público “familiar”, por llamarlo de alguna manera.

Pero el disco es mucho más que Simone.

Primero quiero compartir “Abertura” (Toquinho-Fernando Faro)

Casa de brinquedos ( Abertura)

Composição: Toquinho – Fernando Faro

Chegamos filho, é aqui
Prepare-se, aqui você vai descobrir o vale encantado.
Vai chegar a caverna misteriosa.
Vai conhecer o estranho laboratório do cientista louco.
E eu queria lhe dizer uma coisa:
– Não esqueça filho, que uma rosa não é uma rosa,
Uma rosa é uma manhã, uma mulher, um grande amor.
Uma rosa é uma invenção sua.
O mundo é uma invenção sua.
Você lhe dá sentido, você o faz bonito,
Você o cola de coisas
O brinquedo, o que é o brinquedo?
Duas ou três partes de plástico, de lata,
Uma matéria fria, sem alegria, sem história.
Mas não é isso, não é filho?
Porque você lhe dá vida
Você faz ele voar, viajar,
Vamos filho, sabe que lugar é esse?
É um lugar de sonhos.
Uma casa de brinquedos.
Vamos entrar?

He aquí una reseña del site "infatv”:

image

Em 1983 Toquinho concluiu com o baterista Mutinho um novo trabalho dedicado às crianças: o LP "Casa de Brinquedos". Esse disco seguiu a receita dos ótimos "Arca de Noé" e "Arca de Noé 2", com letras bonitas, não infantilizadas, bem musicadas e interpretadas por nomes de peso da Mpb.

A trilha sonora do especial da Rede Globo nos leva a uma viagem  ao mundo dos objetos inanimados, pelo menos eram até Toquinho habilmente dar vida a eles. Através das canções conhecemos o que cada objeto sente, como se ele quisesse desabafar aquilo que guardou a tanto tempo e aproveita a oportunidade que Toquinho lhes dá de deixá-los falar.

Para dar vida a este amontoados de brinquedos, um time de primeira linha da nossa Mpb foi convocado, que além de interpretarem as canções fazem parte do especial global em números parecidos com videoclipe.

Entre os destaque da trilha sonora estão: a canção "Bicicleta" que chegou as rádios de todo o Brasil na voz de Simone; "O Robô" onde Tom Zé interpreta o personagem com uma voz "metálica", "O Caderno" com Chico Buarque melancolicamente relatando os sentimentos mais íntimos do objeto e "A Bola" com Moraes Moreira, essa última adquire um tom divertido por ficar datada com a estrofe que diz "hoje jogo com o Sócrates, o Zico e o Falcão".

A obra de Toquinho merece ser apreciada por nós adultos, para que possamos lembrar de uma época sem "bundalizações" que transformaram nosso país na "Nadegolândia", mas também pelas crianças de hoje para instruí-las do é que uma infância de verdade.

A Bicicleta

Simone

B-I-C-I-C-L-E-T-A

Sou sua amiga bicicleta.
Sou eu que te levo pelos parques a correr,
Te ajudo a crescer e em duas rodas deslizar.
Em cima de mim o mundo fica à sua mercê
Você roda em mim e o mundo embaixo de você.
Corpo ao vento, pensamento solto pelo ar,
Pra isso acontecer basta você me pedalar.

B-I-C-I-C-L-E-T-A

Sou sua amiga bicicleta.
Sou eu que te faço companhia por aí,
Entre ruas, avenidas, na beira do mar.
Eu vou com você comprar e te ajudo a curtir
Picolés, chicletes, figurinhas e gibis.
Rodo a roda e o tempo roda e é hora de voltar,
Pra isso acontecer basta você me pedalar.

B-I-C-I-C-L-E-T-A

Sou sua amiga bicicleta.
Faz bem pouco tempo entrei na moda pra valer,
Os executivos me procuram sem parar.
Todo mundo vive preocupado em emagracer,
Até mesmo teus pais resolveram me adotar.
Muita gente ultimamente vem me pedalar
Mas de um jeito estranho que eu não saio do lugar.

B-I-C-I-C-L-E-T-A

Sou sua amiga bicicleta.

El clip de Globo, y su “masa crítica”:

por último, la participación de Chico Buarque en “O Caderno”, muy muy buena.

O Caderno

Chico Buarque


Sou eu que vou seguir você
Do primeiro rabisco até o be-a-bá. image
Em todos os desenhos coloridos vou estar:
A casa, a montanha, duas nuvens no céu
E um sol a sorrir no papel.
Sou eu que vou ser seu colega,
Seus problemas ajudar a resolver.
Te acompanhar nas provas bimestrais, você vai ver.
Serei de você confidente fiel,
Se seu pranto molhar meu papel.
Sou eu que vou ser seu amigo,
Vou lhe dar abrigo, se você quiser.
Quando surgirem seus primeiros raios de mulher
A vida se abrirá num feroz carrossel
E você vai rasgar meu papel.
O que está escrito em mim
Comigo ficará guardado, se lhe dá prazer.
A vida segue sempre em frente, o que se há de fazer.
Só peço a você um favor, se puder:
Não me esqueça num canto qualquer.

Written by Juan Echeverria